Sexta-feira, 17 de Abril de 2009

Testemunhos

"Tenho um filho que tem este Síndrome e, sei bem o que é lidar com as diferenças que existem a nível de escola, bem como, as incompreensões a nível dos próprios professores e colegas. Pois estes não conseguem aceitar as diferenças nem tão pouco levar a criança ou o adolescente a gostar de determinadas matérias. Como pensam que leram...basta um mínimo para eles se desinteressarem de um determinado assunto, fecharem-se em si próprios o que torna a socialização muito mais difícil. Continuem só assim conseguimos lutar contra as diferenças da nossa sociedade."

Helena Guimarães

 

 
"Trabalho com meninos assim e todos são um mistério. Não sei muito vezes o que esperar deles. São doces, ternos, francos mas demasiado sensíveis. Uns não tem problemas em colocar as suas dúvidas e pedir ajuda, mas o seu comportamento é ainda muito infantil. Outros acham-se muito confiantes em si, usam uma linguagem muito elaborada e são demasiado caprichosos. Mas não posso deixar de me sentir apaixonada por eles."
Gena
 
 
"Olá, eu sou mãe de um menino autista (diagnosticado aos 2 anos), tem 9 anos e é maravilhoso!!!! Foi reavaliado este ano com o diagnostico se Asperger, o desespero continua o mesmo ele dá-me a maior felicidade do mundo mas queria fazer muito mais por ele mas... nas escolas não há as mínimas condições!!"
Cláudia
 
 
sinto-me: Aborrecida
música: Simple Plan - I don't wanna grow up
publicado por Sara e Rossana às 09:03
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sexta-feira, 6 de Fevereiro de 2009

Testemunho de uma irmã

“O meu irmão andava no 1º ano quando foi diagnosticado com a Síndrome de Asperger. Era uma síndrome desconhecida para mim. Nunca tinha sequer ouvido falar dessa síndrome. Mesmo depois de ele ser diagnosticado, nunca ninguém se aproximou de mim e me explicou o que se passava, o que ele tinha realmente, e eu também não perguntei, decidi continuar ignorante.

Demorei 2 anos a tomar a decisão de saber o que era essa Síndrome de Asperger, descobrir o que afinal o meu irmão tinha, que eu não conseguia ver. Fiz uma pequena pesquisa no início e os resultados deixaram-me confusa. O meu irmão tinha mesmo esta coisa? Se assim é, porque nunca consegui perceber?
Conhecer a Síndrome de Asperger, aceitar que sim, o meu irmão tem características especiais, ajudou a sentir-me mais próxima dele, a percebê-lo melhor e a amá-lo ainda mais (coisa que eu achava impossível).
Ele é o meu irmãozinho, é diferente, tem uma personalidade que me tira do sério às vezes, mas é uma criança como todas, apenas com algumas características peculiares, e essas características fazem-no especial. “
 
Escrito por Ana
sinto-me:
tags: ,
publicado por Sara e Rossana às 09:29
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Terça-feira, 3 de Fevereiro de 2009

Descrição

Somos da Escola Secundária Ferreira Dias, do 12º ano e estamos a trabalhar num projecto, designado "Síndrome de Asperger - A integração das crianças com necessidades especiais na escola".

Elaborámos dois blogs onde vamos apresentar o trabalho realizado ao longo de todo o ano. O nosso blog de trabalho é http://acreditarparamelhor.blogs.sapo.pt/, e neste blog é onde vamos precisar da vossa ajuda para nos relatar a sua/de um conhecido história.

Para dúvidas ou questões que tenham, basta nos contactar através do nosso email, ou simplesmente deixar uma mensagem, indentificando-se e com o respectivo contacto.

Ficamos à espera do vosso relato!

publicado por Sara e Rossana às 17:19
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Testemunhos

. Testemunho de uma irmã

. Descrição

.arquivos

. Abril 2009

. Fevereiro 2009

.tags

. todas as tags

.favoritos

. Para que conste...

blogs SAPO

.subscrever feeds